Opinião

Vagas de empregos formais em Valadares decrescem

Em maio de 2019, foram contratados na cidade 1.751 pessoas e 1.879 demissões, fechando com déficit de 128 vagas.

Em março deste ano, foi anunciado pelo vereador Paulinho Costa(PDT), em reunião ordinária na Câmara Municipal, que a empresa Baterias Tudor, com três décadas de atuação em Valadares poderia reduzir seu quadro em um setor de produção, de 430 funcionários para 60 ou 70.

Também, no mesmo período, a Empresa A&C, prestadora de serviços de Telemarketing, que quando instalada na cidade, gerava 2500 empregos e que até março deste ano contava apenas com 150 funcionários.
De acordo com o Ministério do Trabalho e Emprego, em maio, no municipio 1751 contratações e 1879 demissões, fechando com déficit de 128 vagas.

No dia 11 deste mês, mais uma loja fechou suas portas na cidade, desta vez, a Ricardo Eletro, da Avenida Minas Gerais, e agora, notícias correm nas redes sociais sobre outra que também encerrou suas atividades, a Eletrosom.
Não se pode culpar a atual administração pelo problema do desemprego, é geral, porém, em dois anos e meio o atual prefeito segue a mesma cartilha de governos anteriores, penalizando comerciantes e pequenos empresários com aumentos em taxas que inviabilizam a manutenção de um pequeno comércio na cidade, gerando insatisfação e mais demissões, agravando ainda mais o cenário de instabilidade e incerteza em Governador Valadares.
Tentamos contato com prefeito nao conseguimos. Assim que for possivel, atualizaremos a materia.

Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Verifique também

Fechar
Botão Voltar ao topo
Fechar