Eleição e mineração só depois da apuração

Fotomontagem Jornal Capital dos Vales

Eleição e mineração só depois da apuração

Vamos esclarecer alguns pontos com relação à minha pré-candidatura a prefeito de GV pelo PROS. Pois bem, a despeito de abordagens de amigos, presidentes de partidos, pré-candidatos a vereadores e pré candidatos a prefeito de outras siglas, posso dizer o seguinte:

Apesar de manifestações contrárias dentro da sigla que pretendo disputar a eleição majoritária, principalmente pelo atual presidente, que dirige o Pros GV. Isto é natural, afinal não sei os interesses que lhe movem. O correto seria a sigla ter e propagar possíveis pré-candidaturas majoritárias além da minha. O partido se fortaleceria e ajudaria a reboque os pré -candidatos a vereadores(as) com os votos de legenda.

O que na verdade, eu questiono é a liderança do rapaz de 23 anos do PROS-GV, porque além de inexperiência política, a atual direção provisória é composta apenas por ele e o tesoureiro. Tem mais um grupinho de desavisados que o acompanham. Mais interessante ainda é que ele é assessor do vereador que deixou o PROS e foi para o MDB. Portanto deveria ter seguido junto.Um presidente que deixou debandar para outras siglas o seu vice e mais dois integrantes da executiva provisória além do vereador eleito do partido Robinho Mifarreg, é líder de quem? Tudo isto aconteceu em plena dança das filiações.

Posso afirmar para todos os quatros cantos do planeta que não fosse a minha intervenção e do grupo que me acompanha,se não tivéssemos arregaçado as mangas, o PROS de GV, teria desaparecido do cenário político do município, assim como o PP e o Cidadania naufragaram, mesmo tendo como presidentes destas siglas dois vereadores da base do Governo e as suas privilegiadas estruturas.

Ser pré-candidato é uma novidade política que surgiu a partir das eleições de 2018 e é um pleito legítimo de qualquer filiado a uma sigla partidária. Querer barrar pré-candidaturas é coisa de desinformado político, é abusar da ignorância das pessoas, é estar despreparado para o exercício da democracia.

Sabem o que é de indignar? Tem trouxa de bastidor político e pré-candidato, que acredita nestas falácias. Ninguém será a candidato a nenhum cargo antes das convenções 2020 marcadas pela justiça eleitoral a partir de 31 de agosto a 16 de setembro, assim como ninguém perde ou ganha eleições de véspera.

Espero ter encerrado este assunto de vez.

Agora parem de me dizer que o líder de meia dúzia, fala que não sou pré candidato a prefeito, parem de ouvir o galo cantar e sair procurando ovos!

0 Reviews