Candidato a prefeito de GV Dr. Luciano acumula  problemas com a justiça eleitoral

Deputado Federal Euclydes Petersen, Dr. Luciano e o médico Rui Moreira. Foto : divulgação internet

Candidato a prefeito de GV Dr. Luciano acumula problemas com a justiça eleitoral

 

Desta vez o candidato não soube administrar sua campanha.

O candidato a prefeito Dr. Luciano(PSC), que nas últimas semanas tem sido apelidado nas redes sociais e grupos de Whatsapp da cidade como “Dr. Mentira” e “O candidato chorão”, por causa de manifestações sempre atribuindo a culpa de seus problemas particulares a outros candidatos e alegando sofrer uma suposta “perseguição política”, teve no último sábado (07) uma ordem judicial determinando o fechamento de suas páginas nas redes sociais (Instagram e Facebook).

 

O processo investigatório foi proposto pela coligação POR AMOR A VALADARES, do Partido dos Trabalhadores, e a investigação trata de assuntos em que alega o uso irregular pelo Dr. Luciano e seu partido das redes sociais como sendo abuso de poder econômico, e abuso pelo uso indevido dos meios de comunicação social.

 

Mais uma vez, Dr. Luciano tropeça em problemas de gestão, desta vez em sua campanha.

 

Em uma das manifestações de  seus advogados chegam a confessar o ocorrido, mas tentam justificar que se trata “apenas de um equívoco”, a debatida infração legal.

 

Para o juíz da 118a Zona Eleitoral Anacleto Falci, “Em princípio houve confissão por parte dos Investigados quanto à principal irregularidade apontada pela coligação Investigante, ou seja, realmente, os candidatos Dr. Luciano e Dr. Fábio estavam utilizando de uma conta no INSTAGRAM – FACEBOOK para a realização da sua propaganda partidária, sem que essa conta tivesse sido previamente informada/cadastrada na Justiça Eleitoral.”

 

Com isso, justificou que entende que as contas devem continuar fora do ar e não alterou sua decisão até o momento,”Por esta razão, entendo que não é caso de revogar a ordem judicial”, disse o magistrado.

 

Resta saber se desta vez o candidato Dr. Luciano vai mais uma vez alegar que sofre perseguição de seus adversários, e, como nova (velha) estratégia de marketing, tentar se transformar novamente em “vítima” de uma situação causada pela má gestão do próprio candidato ou sua assessoria, durante a campanha.

 

A dúvida que fica é: com tantos “equívocos” que acontecem em sua vida pessoal e particular, estaria Dr. Luciano pronto para administrar uma cidade do porte de Governador Valadares e seu povo?